© 2017 | Lamparina Filmes

1/1

O documentário de média-metragem mostra o Samba de Cacete, manifestação cultural ainda preservada em comunidades quilombolas do baixo rio Tocantins, Amazônia paraense, que envolve música, canto e dança com elementos dos batuques afrobrasileiros. O nome refere-se aos pequenos cacetes de madeira utilizados pelos tocadores dos tambores para fazerem a marcação e o contratempo. O Samba de Cacete originou-se entre os grupos afrodescendentes na Amazônia, onde tradicionalmente embalava os mutirões comunitários, iniciando na véspera dos eventos e se estendendo até a manhã seguinte, quando seguiam para o trabalho. As variadas melodias e as letras do samba são antigas e falam do tempo da escravidão, resistindo há quatro gerações entre os quilombolas da região. O documentário registra essa manifestação cultural quase desconhecida no Brasil, na comunidade quilombola chamada de Igarapé Preto, no município de Oeiras, região nordeste do estado do Pará. Contemplado pelo Edital CURTA AFIRMATIVO 2014: PROTAGONISMO DE CINEASTAS AFRO-BRASILEIROS NA PRODUÇÃO AUDIOVISUAL NACIONAL – MinC - SAV.

Samba de Cacete - Alvorada Quilombola

| Documentário | 26 minutos |